19/04/2018

Livro "Se É Público É para Todos" será lançado no Recife



Nesta terça-feira (24), o livro “Se É público, É para todos”, coletânea de textos sobre empresas públicas brasileiras, será lançado no Sindicato dos Bancários de Pernambuco. A publicação integra ações contra a desvalorização e desmonte das empresas públicas do país e decorre da campanha homônima. O evento conta com a presença de uma das autoras,  a representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano.


A obra reúne quatro ensaios organizados pelo sociólogo Emir Sader. Além do próprio Sader, são autores o economista Fernando Nogueira da Costa; Rita Serrano, coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa; e o coordenador da FUP, João Moraes.


A publicação, que recebe apoio da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), apresenta reflexões sobre a concessão de crédito por bancos estatais e aborda as trajetórias da Caixa e Petrobras. E os textos destacam a função social e estratégica das empresas para o desenvolvimento nacional.


“A precarização da Caixa, decorrente dos recentes Planos de Demissão Voluntária, sem convocação dos concursados, e do fechamento de agências no País, é parte do plano de governo ultraliberal de Michel Temer. Está claro que o objetivo é privatizar a Caixa e as demais estatais. Temos que resistir aos ataques e conscientizar a população da importância dessas empresas. Por isso, este livro é uma grande contribuição para o Brasil”, afirma a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues.


Os interessados em adquirir um exemplar podem comprar durante o evento ou entrar em contato pelo e-mail publiccomite@gmail.com. O valor é de R$ 20 e a arrecadação será destinada à campanha “Se é público, é para todos”.  

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi