18/07/2018

Empregados da Caixa negociam cláusulas sobre Saúde Caixa e Funcef



A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE–Caixa) volta à mesa de negociação específica com o banco neste dia 26 de julho em São Paulo (SP). Desta vez, os temas debatidos são Saúde Caixa e Funcef.

Entre outros pontos, os empregados exigem mais transparência do Saúde Caixa, com a disponibilização de dados que permitam as entidades entender mais profundamente o plano de saúde. Uma das preocupações das entidades é o impacto da Resolução nº 23 - CGPAR no plano de autogestão.

Nesta Campanha Nacional Unificada 2018, a CEE – Caixa já cobrou nas mesas de negociação específica a revogação da versão 41 do RH 184, o fim da Gestão de Desempenho de Pessoas (GDP) e do descomissionamento arbitrário e, especificamente, o descomissionamento de gestantes.

A Caixa se comprometeu a avaliar as questões apresentadas pelos representantes dos empregados, mas destacou que os acordos específicos, antes de serem assinados, devem passar pela aprovação do Conselho de Administração (CA) da Caixa.

“Apesar da necessidade de consultar os órgãos controladores não ser uma prática nova, a atual conjuntura de desmonte exige de nós, empregadas e empregados da Caixa, muita mobilização em defesa dos nossos direitos e da Caixa 100% pública”, conclui a secretária de Finanças do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Terezinha Santiago.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi