24/10/2018

Sindicato realiza ato contra a privatização da Caixa



“Não tem sentido privatizar a Caixa”. Com este mote, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco realizou um ato em defesa do Banco 100%, na agência Caixa- Av. Guararapes, no centro do Recife. Convocada pela Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), a ação ocorreu em todo o País hoje (24).


O objetivo da agenda é chamar a atenção da sociedade para as propostas nefastas de determinados candidatos que defendem a privatização das empresas estatais, entre elas, os bancos públicos.


“Quem defende a privatização da Caixa, parcial ou total, não tem o menor compromisso com o povo brasileiro. Vender a Caixa significa cortar investimentos que beneficiam milhões de brasileiros e que contribuem para erradicar a pobreza e a desenvolver o País. Não devemos votar em candidatos que atentam contra o patrimônio da nação brasileira”, alerta a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues.


Para a secretária geral, Sandra Trajano, defender a Caixa é defender os 157 anos de desenvolvimento econômico e social do Brasil. “É indefensável a proposta de jogar fora tudo que conquistamos: poupança, penhor, habitação, FGTS, programas sociais inovadores, eficientes e reconhecidos no mundo inteiro”. Vamos dizer ´'não' nas urnas no próximo domingo”, convoca.




Em interação com o público que transitava na Avenida Guararapes, a secretária de Bancos Públicos e empregada da Caixa, Cândida Fernandes, defende o papel social do banco. “Os seus empregados realizam cotidianamente um valioso trabalho que tem o reconhecimento das brasileiras e dos brasileiros. Praticamente todo o povo tem ou já teve uma relação com a atuação da Caixa”, destaca.


A Caixa é um banco 100% público e sua principal missão é contribuir para o desenvolvimento social do País com ações de enfrentamento à pobreza e às desigualdades. Entre os programas sociais aportados pelo banco estão: Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, Bolsa Escola, Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior (FIES), Bolsa Atleta, Identidade Jovem, e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), além de créditos mais acessíveis.


O referido banco também administra os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por meio do qual investe bilhões de reais em habitação, infraestrutura e saneamento, bem como opera o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), PIS, PASEP e Seguro-Desemprego com o pagamento de mais de R$ 62 milhões de benefícios.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi