19/11/2018

Sindicato promove ações contra o racismo para marcar o 20 de Novembro- Dia da Consciência Negra



Entre os mais de 450 mil trabalhadores da categoria bancária no Brasil, somente 24,7% são negros segundo o último Censo da Diversidade Bancária. Em um País no qual 54% da população é negra, o dado do setor revela a discriminação racial no sistema financeiro. Para marcar o Dia da Consciência Negra, nesta terça-feira (20), o Sindicato dos Bancários de Pernambuco percorre 28 agências do Grande Recife com o lema “A resistência é uma marca do povo negro”. 

Os dirigentes irão visitar, a partir das 9h30, as unidades bancárias localizadas nas avenidas Conde da Boa Vista, Agamenon Magalhães, Dantas Barreto e Marquês de Olinda, além das unidades do bairro de Boa Viagem. 

A ação objetiva suscitar o debate sobre a igualdade de oportunidades para a população negra no mercado de trabalho. “Os bancos não contratam negros habitualmente e, quando contratam os salários deles são menores do que o de funcionários brancos. Neste dia 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares, vamos denunciar o racismo nas instituições financeiras”, afirma a secretária da Mulher do Sindicato, Eleonora Costa.

Segundo os dados mais recentes do Censo da Diversidade Bancária - 2014, a região Nordeste é a segunda com maior percentual de bancários negros (49,6 %), ficando atrás do Norte onde esses são maioria (57,3%). Os bancários que se declaram pretos (3,4%) ou pardos (21,3%) são considerados negros pelo Censo.

“O negro no Brasil vive a herança da escravidão, marcada pelo racismo estrutural. Infelizmente, políticas afirmativas que tentam reparar essa dívida histórica estão ameaçadas por um projeto de governo racista. Mas, a resistência é uma marca do povo negro, que não irá esmorecer. Juntos, negros, indígenas, brancos e amarelos vamos lutar por um País livre de toda forma de preconceito”, ressalta a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues.

Na Campanha Nacional dos Bancários 2018, a categoria garantiu na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) a realização do terceiro Censo da Diversidade. O levantamento realizado nos anos de 2008 e 2014 é fundamental para traçar o perfil da categoria e ajudar na promoção da igualdade de oportunidades.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi