05/12/2018

Reforma trabalhista precariza as relações de trabalho



O Sindicato dos Bancários de Pernambuco participou, entre os dias 21 e 22 de novembro, do ‘Seminário reforma trabalhista, Saúde e  organização no local de trabalho (OLT): desafios e estratégia sindical da CUT’,  em São Paulo(SP).

Na ocasião, os representantes sindicais debateram questões sobre o mundo do trabalho, a reforma trabalhista e os impactos na saúde e na vida dos trabalhadores, além de experiências e desafios para a organização no local de trabalho (OLT) e representação sindical. 

A secretária de Saúde do Sindicato, Andreza Camila, participou da agenda. “Discutimos como a reforma trabalhista afeta em vários aspectos as condições de trabalho, as negociações coletivas, a organização sindical e a saúde do trabalhador. Os sindicatos deverão se manter combativos para impedir os retrocessos”, afirma. 

No aspecto das condições de trabalho, a nova legislação diversifica as formas possíveis de contratação, flexibiliza e amplia a jornada, facilita as demissões, flexibiliza as formas de remuneração, e altera as condições de trabalho.

Segundo a secretária de Relações do Trabalho da CUT, Graça Costa, é importante olharmos os impactos da reforma trabalhista sob a ótica da saúde dos trabalhadores nos locais de trabalho. “Eles mexeram em mais de 100 itens da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Agora, o debate será sempre na perspectiva de pensarmos na nossa caminhada para conseguir avançar neste momento tão difícil que estamos vivendo”, afirmou.

Por fim, a vice-presidenta da CUT, Carmen Foro, fez um alerta aos dirigentes: “temos que, juntos, escolher a melhor forma e jeito de nos reorganizarmos para enfrentar os inúmeros desafios colocados pelo ilegítimo Michel Temer e os outros que virão depois da posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro”.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi