11/03/2019

Sindicato conquista quarta reintegração de 2019



Na última sexta-feira (8), o Sindicato conquistou a reintegração de Taciana Muniz, funcionária do Itaú - agência Madalena. Com medo de sofrer uma retaliação, a bancária nunca tinha estado em licença por motivo de saúde.

Funcionária do Itaú há 11 anos, a atividade de caixa levou a bancária a desenvolver Lesões por Esforço Repetitivo (LER), doença laboral mais comum na categoria. 

Embora realizasse exames periódicos que constatavam a doença, Taciana Muniz optou por permanecer trabalhando. "Eu não tinha Comunicação de Acidente de Trabalho aberta, porque sabemos que um simples atestado é o mesmo que ter uma estrela na testa para o banco", afirma.

Após a demissão em julho de 2018, Taciana passou a encarar a situação de uma outra forma. "Foi um tempo de muita incerteza, fiquei na expectativa e estressada. Hoje, acredito que independente de qualquer coisa, temos que cuidar em primeiro lugar da nossa saúde", ressalta. 

A bancária recebeu assistência do Sindicato, desde o seu desligamento até o retorno ao banco. "É uma prática frequente dos bancos demitir funcionários com histórico de doença. Por isso, reforçamos que os bancários comuniquem oficialmente o acidente de trabalho e priorizem a saúde", afirma o dirigente Wellington Trindade, que acompanhou a reintegração. Agora, a bancária aguarda a realização do exame de retorno para retomar o trabalho no Itaú.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi